Português Italian English Spanish

Enquanto Portugal prende pastores brasileiros por tráfico de mulheres e crianças, Bolsonaro quer é pagar a conta de energia deles

Enquanto Portugal prende pastores brasileiros por tráfico de mulheres e crianças, Bolsonaro quer é pagar a conta de energia deles

Data de Publicação: 14 de janeiro de 2020 09:40:00
Lindolfo Mendes - Canal 2N

No Brasil, Bolsonaro quer usar dinheiro do povo para pagar a conta de energia dos pastores milionários, mas em Portugal os charlatões vão pra cadeia por tráfico de mulheres e crianças



 

'Pastores brasileiros são detidos em Portugal acusados de tráfico de pessoas'

O subtítulo acima vem estampado no site da BBC (veja AQUI), noticiando que 3 pastores evangélicos do Brasil são presos em Portugal por traficar mulheres e até crianças, mantendo suas vítimas dentro das igrejas, cobrando aluguel de até 300 euros (R$ 1.358) de cada uma, além, obviamente, exigirem 10% dos seus rendimentos, como se fosse o 'dízimo bíblico'.

Os 3 pastores neo-pentecostais retratam uma mistura de 'Herodes com Caifás', tem entre suas vítimas preferenciais as crianças e as mulheres, sempre.

Os pastores foram presos pela Polícia portuguesa, sem qualquer participação da Polícia Federal do Brasil, essa não sabia de nada, hoje se contenta em fazer o papel de milícia federal, um braço político da extrema-direita, chefiada por um 'juiz ladrão' (aqui).

A matéria da RTP, com vídeo, assista (aqui).


No Brasil

Lá em Portugal, como como se constata, os 'charlatões' vão pra cadeia por tráfico humano e por extorquirem 10% da renda das suas vítimas, dissimulada como de fosse o 'dízimo bíblico'.

A justiça portuguesa que coloque esses 3 odientos, tipo Malafaia, na cadeia por um longo período, não mande de volta para o Brasil, aqui, no governo Bolsonaro, ficarão impunes e nem a conta de energia das suas 'igrejas imundas' pagarão, pois o governo de milícias quer entregar para esses criminosos, segundo o inútil ministro de Minas e Energia, a 'insignificante' quantia de R$ 30 milhões (aqui), tudo no lombo do pobre contribuinte brasileiro, como subsídio para os pastores milionários, os charlatões nem a 'conta de luz' querem pagar.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário