Português Italian English Spanish

A campo de visão do governo Darci

A campo de visão do governo Darci

Data de Publicação: 19 de junho de 2020 15:31:00

Por Léo Mendes e Sinvaldo Braga
CANAL 2N
15:31

Diante de más notícias, muitas vezes os gestores preferem “matar” o mensageiro em vez de se preocupar com aquilo que terão de enfrentar adiante. A história está repleta de exemplos, da Grécia antiga à idade contemporânea.

O governo do prefeito Darci decidiu seguir o curso da história como um cavalo com uso de antolhos, de forma instintiva declarou guerra aos portadores de más notícias.

Exemplo dessa deformidade foi a divulgação da mais recente pesquisa Data Populi* sobre as eleições municipais. Os números causaram uma onda de indignação e incredulidade nos corredores da prefeitura.

Não só pela queda nas intenções de voto em relação à pesquisa anterior (de 26,76% para 22,16%), mas também pelo crescimento no índice de rejeição, ainda que neste caso a oscilação tenha se dado dentro da margem de erro (54,93% para 56,72%).

Fato é que pessoas ligadas ao núcleo mais próximo do prefeito-candidato e de sua campanha à reeleição passaram a atacar os números, o instituto e o divulgador da pesquisa, como se “matando o mensageiro fossem vencer a guerra”.

Resolvemos, então, ampliar nosso leque de reflexão e decidimos lembrar aos indigitados que talvez trabalhar para alterar a realidade seja melhor do que negá-la.

Recuperamos uma pesquisa eleitoral divulgada pelo jornal A Notícia e realizada pelo Instituto de Pesquisa DESTTAQ* em junho de 2016, quando o atual prefeito-candidato Darci Lermen (MDB) disputava com o então prefeito Valmir Mariano (PSD), que, à época, também tentava sua reeleição.

Pasmem, os números são praticamente um reflexo com imagem invertida. Naquele momento, na pesquisa estimulada, Darci Lermen aparecia com 45,34%; e o então prefeito Valmir Mariano com 18,65% (ler aqui). O fim dessa história é de conhecimento de todos.

Em outubro daquele ano as urnas lembraram a Valmir da Integral que pesquisas eleitorais são, no mínimo, um excelente termômetro da realidade.

Assim como o finado governo Valmir negava a realidade de sua situação, o atual moribundo governo Darci finge que seu momento é uma primavera.

Os números não mentem: a água já bate na bunda do prefeito Darci Lermen, isso é fato. Assim como ocorreu com Valmir em 2016, quando a água chegar ao pescoço talvez seja tarde demais para qualquer reação.

*As duas pesquisas as quais o artigo faz referência têm registro no TSE: a pesquisa Data Populi foi registrada sob o número PA-08796/2020; a pesquisa DESTTAQ tem o registro PA-05029/2016.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário