Português Italian English Spanish

62% dos eleitores de Parauapebas usam redes sociais como principal fonte de informação

62% dos eleitores de Parauapebas usam redes sociais como principal fonte de informação

Data de Publicação: 25 de junho de 2020 09:44:00

Da Redação
CANAL 2N
09:44

A segunda pesquisa do instituto Data Populi fez uma inédita análise sobre a interação dos eleitores de Parauapebas nas redes sociais e seu provável impacto na eleição para prefeito e vereadores em 2020.

O instituto iniciou perguntando aos entrevistados “por qual meio eles costumam acompanhar as notícias da cidade”, o resultado, mesmo que esperado, surpreendeu pelo número expressivo: mais de 62% dos eleitores de Parauapebas responderam que usam as redes sociais (WhatsApp, Facebook, etc.) como principal fonte de informação.

A TV ainda é um importante veículo para os eleitores de Parauapebas, mas com 33,5% da preferência dos entrevistados tem praticamente a metade do público das redes sociais. Já as rádios parecem ter entrado definitivamente na inevitável fase de extinção, apenas 13,7% disseram que acompanham as notícias da cidade por elas. Os jornais impressos já se encontram na condição de finados, apenas 0,5% responderam que ainda os utilizam como fonte de informação.

Em situação oposta a das rádios e jornais impressos, os portais de notícias surgem como uma força real no que diz respeito à imprensa, 20,40% dos entrevistados responderam que acompanham as notícias de Parauapebas por meio dos sites e portais.

Das redes sociais a pesquisa Data Populi confirmou o que todos já desconfiavam: WhatsApp e Facebook dominam a atenção do público. 47,80% responderam que “usam o WhatsApp com mais frequência para acompanhar as notícias do município”, outros 45,30% usam Facebook. Os que usam Instagram já é um número que igualmente merece destaque, 17,50% dos entrevistados responderam que o utilizam para se manterem informados.

Como os entrevistados podiam escolher mais de uma opção, os percentuais somam mais de 100%.

Interesse por política que surpreende

Outro dado interessante que espanta pelo alto índice é a quantidade de eleitores que dizem ler ou ver conteúdo de políticos em suas redes sociais. O Data Populi perguntou “sobre as notícias que circulam em redes sociais a respeito de políticos”, espantosos 39,20% dos entrevistados responderam ler ou ver (caso dos vídeos e memes) sempre. Outros 40,20% responderam que leem ou veem esporadicamente, contra apenas 15,10% que disseram ignorar.

Conclusões possíveis

Pela experiência vivida em 2018 somada aos números da atual pesquisa Data Populi, pode-se afirmar que as redes sociais assumirão um protagonismo sem paralelo na eleição deste ano em Parauapebas, podendo decidir o processo para determinado candidato em detrimento de outro.

Por outro lado, a pesquisa não permite afirmar que candidatos poderão ser eleitos unicamente por campanhas via redes sociais, no entanto, está claro nos números que quem negligenciá-las fatalmente fracassará em seu projeto político eleitoral.

A pesquisa

O Data Populi, respeitando as recomendações das autoridades envolvidas no combate à pandemia, realizou a pesquisa por telefone entrevistando eleitores do município de Parauapebas maiores de 16 anos.

O questionário foi aplicado entre os dias 28 de maio e 10 de junho em 20 bairros do município, com 790 entrevistados. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número PA 08796/2020.

O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. De acordo com o Data Populi, isso significa uma probabilidade de que 95% dos resultados equivalem a um retrato do atual cenário político eleitoral em Parauapebas.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário