Português Italian English Spanish

Coronavírus: estudo sugere que pessoas altas correm mais riscos de infecção

Coronavírus: estudo sugere que pessoas altas correm mais riscos de infecção

Data de Publicação: 29 de julho de 2020 10:30:00

Por Redação
do YAHOO NOTÍCIAS
10:30

O peso já se tornou um fator de risco conhecido para quem contrai o novo coronavírus. Agora, cientistas afirmam que ser alto pode mais que dobrar a probabilidade de alguém pegar a doença, por meio da transmissão por aerossóis. De acordo com a imprensa britânica, os primeiros resultados do um estudo, feito por pesquisadores no Reino Unido, Noruega e EUA com duas mil pessoas, sugeriram que a transmissão do vírus em aerossol é muito provável, com pessoas altas - mais de 1,82m - tendo o dobro do risco de serem contaminadas.

Isso indica que a Covid-19 está sendo transmitida pelo ar, pois a altura não faria diferença se fosse apenas por meio de gotículas. Os aerossóis podem se acumular em áreas com pouca ventilação e são transportados por correntes de ar. As gotas, no entanto, são maiores e, acredita-se, viajam distâncias relativamente curtas, caindo rapidamente do ar. Embora o artigo ainda esteja para ser revisado por outros cientistas, os autores consideram que suas implicações no debate sobre a transmissão por aerossóis devem ser disponibilizadas à comunidade em geral.

"Os resultados desta pesquisa em termos de associações entre altura e diagnóstico sugerem que a transmissão por gotículas descendentes não é o único mecanismo, e a transmissão por aerossóis é possível", disse o professor Evan Kontopantelis, da Universidade de Manchester: "Isso foi sugerido por outros estudos, mas nosso método de confirmação é novo. Embora o distanciamento social ainda seja importante porque a transmissão por gotículas ainda é provável, ele sugere que o uso de máscaras pode ser ainda mais eficaz na prevenção. Mas a purificação do ar nos espaços interiores também deve ser mais explorada".

(Com adaptações - Original aqui: https://br.noticias.yahoo.com/pessoas-altas-t%C3%AAm-mais-que-221022924.html)

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário