Português Italian English Spanish

Em Parauapebas, derrota eleitoral ameaça partidos de extinção

Em Parauapebas, derrota eleitoral ameaça partidos de extinção

Data de Publicação: 13 de novembro de 2020 13:48:00
Por Léo Mendes
Do CANAL 2N

No futebol como na política, costuma-se dizer que “a vitória tem muitos pais (e muitas mães); mas, a derrota é órfã”. O dito em si não requer muitas explicações.

Tal ditado descreve bem a atual disputa eleitoral em Parauapebas, onde a uma derrota poderá significar a orfandade, a derrocada e mesmo o desaparecimento de várias lideranças e siglas partidárias (em sentido político, é claro).

Uma das mais ameaçadas é o PT. O partido parece ter perdido seu dinamismo, sua vitalidade, seu discurso. E mais: a radicalização das divisões internas deixou-o debilitado eleitoralmente. Para muitos, se partido não conseguir ao menos uma vaga na CMP, corre sério risco de tornar politicamente irrelevante em nossa cidade.

Outro exemplo é o PSD. A incapacidade de seu principal nome, o ex-prefeito e atual candidato Valmir Mariano, de liderar, de negociar, de transigir, foi sentido de modo contundente nesta campanha: literalmente o partido ficou órfão, faltou-lhe comandante!

A evidência disso é o rápido declínio de suas intenções de voto: em pouco mais de 30 dias, um desconhecido candidato, Júlio César, de um inexpressivo partido, sem qualquer relevância política em nossa cidade, o PRTB, passou-lhe a ameaçar-lhe; e, aos dias de hoje, é provável que lhe supere no resultado final ficando em segundo lugar.

O debacle de seu candidato majoritário muito provavelmente afetará a votação das candidaturas à Câmara Municipal estando o PSD também sob a ameaça de não conseguir sequer uma vaga de vereador(a). E, diferentemente do PT, que pode apelar pra sua militância (se sobrar alguma), o PSD nem isso tem.

Domingo próximo, as urnas nos darão a resposta. Mas, as pesquisas eleitorais já estão nos dando avisos. Ao destacarmos estas siglas, o fizemos pelo fato de que as mesmas já foram os partidos dominantes em nossa cidade e agora vivem o sério risco de desaparecer, ao menos eleitoralmente.

(O autor é historiador e professor de História)

  1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Tem q acabar com essa bosta de partido e seus integrantes , são tudo pilantra ,parabens a paraopebas por está esperta p esses comunistas ,bota p correr ????????????