Português Italian English Spanish

PARAUAPEBAS: Com orçamento que pode chegar aos R$ 500 milhões, educação é alvo da cobiça de pastores e vereadores

PARAUAPEBAS: Com orçamento que pode chegar aos R$ 500 milhões, educação é alvo da cobiça de pastores e vereadores

Data de Publicação: 12 de dezembro de 2020 12:51:00
Por Redação
Do SOL DO CARAJAS

Educação

Os recursos destinados à rede pública de educação do município de Parauapebas englobam os orçamentos de três órgãos, até a data de hoje (12), conjuntamente, já tinham desembolsado a cifra de R$ 358,6 milhões, veja:

Até o encerramento do ano, o montante desembolsado pode chegar a R$ 449,5 milhões, valor autorizado no orçamento de 2020, portanto, quase R$ 100 milhões ainda podem ser gastos antes do raiar de 2021.

Resultados péssimos

Apesar da montanha de recursos, nesses 4 anos que se encerram, o desempenho dos ocupantes da Semed foi um fiasco, as consequências políticas foram extremamente negativas para o governo.

Consenso

Diante da péssima gestão da Semed, o governo reluta em entregar novamente a pasta para qualquer indicação política, apesar da cobiça dos vereadores, dos novos e dos reeleitos, no governo e na sociedade o consenso é que do  'jeito que está não pode ficar'. 

Mais do que certo

Darci Lermen não deve aceitar outras indicações políticas de vereadores para o secretário de educação, trazendo essa importante pasta para uma escolha pessoal do prefeito reeleito.

Cobiça por R$ 476 milhões

A Secretaria Municipal de Educação tem sido alvo da cobiça de vereadores e até de pastores evangélicos, todos querem meter as mãos nos R$ 476,6 milhões previstos no orçamento de 2021 para a rede municipal de educação pública de Parauapebas.

(Leia Sol do Carajas aqui)

  1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Essas informaçoes parece mentira mais infelizmente PODE ser verdade.o correto é viver do seu salário, é o dinheiro público é para saneamento básico, saúde, EDUCAÇÃO e acabar com essa falta de água.