Português Italian English Spanish

Fórum Pró-Campina lança nota avaliando as eleições 2020 e as perspectivas de futuro

Fórum Pró-Campina lança nota avaliando as eleições 2020 e as perspectivas de futuro

Data de Publicação: 21 de dezembro de 2020 19:26:00
Por Redação
Do CANAL 2N

Fórum Pró-Campina, círculo de discussões que reúne partidos de centro e esquerda e diversos movimentos sociais de Campina Grande (PB) com objetivo de formulação de políticas públicas de desenvolvimento econômico, social e cultural e de inclusão social, lançou no final da tarde desta segunda-feira (21) documento avaliando as eleições municipais 2020 e as perspectivas de futuro.

Leia a íntegra do documento

Balanço das Eleições 2020 e o Futuro do Fórum Pró-Campina

“Eu tinha consciência de que o verdadeiro desenvolvimento dá-se nos homens e nas mulheres
e tem importante dimensão política.” (Celso Furtado, O Capitalismo Global)
Primeiro, queremos reafirmar o convite para a unidade, para seguirmos juntos e juntas, nas nossas diferenças e divergências, mas nos unindo em torno das grandes causas da justiça social, ambiental e da democracia, construindo um campo democrático, popular, de esquerda, de centro-esquerda e progressista para Campina Grande e para a Paraíba.

Venham conosco!

As eleições de 2020 representaram um avanço importante na construção do campo progressista e de centro-esquerda em Campina Grande. Uma construção que envolve partidos, movimentos sociais, lideranças sindicais, universidades e ativistas pelo direito à cidade, além de outras lutas. Um real esforço à unidade.

Ao longo de um ano, o Fórum debateu, realizou seminários e debates presenciais, virtuais, consultas e estudos com o objetivo de oferecer a Campina Grande um Programa comprometido com três objetivos, a saber:

1. a defesa e ampliação da democracia;

2. uma agenda de justiça social e ambiental;

3. a mobilização pela derrota do bolsonarismo e da extrema-direita.

No primeiro turno, tivemos duas candidaturas dos partidos que compõem o FPC: uma do PSOL com o PSB, representados por Olímpio Rocha e Sheylla Campos, e a outra candidatura do PCdoB, representada pelo deputado Inácio Falcão, com o PT e a REDE.

Desde o começo da construção do Fórum, sempre afirmamos a autonomia de cada partido, o que poderia redundar em uma, duas ou até três candidaturas e que, independente de qualquer coisa, defenderiamos o mesmo Programa, além de que, num eventual segundo turno, estaríamos juntos eleitoralmente.

Portanto, conseguimos reunir os partidos e organizações de centro-esquerda num diálogo permanente e na construção coletiva de um Programa para a cidade.

Hoje temos um campo articulado, totalmente diferente do cenário de fragmentação dos últimos 30 anos da centro-esquerda na cidade.

O caminho da unidade não é uma estrada reta, não é um caminho perfeito, sendo muitas vezes uma estrada com dificuldades, recuos e avanços, de maneira que o importante é não perder o passo nem o compromisso com as causas que animam a jornada.

Erros ? Sim. Acertos ? Muitos.

Lançamos o Programa do Fórum em um Ato Público com as participações e assinaturas dos candidatos Olímpio Rocha e Inácio Falcão, além da presença das/os candidatas/os à Câmara Municipal, oportunidade na qual apresentamos um Programa dividido em quatro eixos:

1. Gestão e Governança democrática;

2. Desenvolvimento econômico e inovação;

3. Desenvolvimento humano; e

4. Infraestrutura e Urbanismo.

Um Programa-Movimento, aberto para novas contribuições. Um chamado para as nossas forças debaterem a cidade que temos e construirmos propostas para uma cidade democrática, inclusiva e plena de justiça social e ambiental.

Fica uma palavra de agradecimento a cada militante de cada partido, aos candidatos e candidatas que lutaram por uma vaga na Câmara, nomes com trajetória e serviços prestados, companheiras/os de luta, nomes do PCdoB, do PT e do PSB, a cada um/a de vocês o nosso reconhecimento e agradecimento. A luta continua.

Uma grande alegria com a vitória da militante e ativista Jô Oliveira, do PC do B, primeira mulher negra a ocupar uma vaga na Câmara de Vereadores de Campina Grande, que obteve uma votação expressiva fruto da trajetória, militância e atuação dela em vários espaços nos últimos anos, apoiando vários movimentos sociais.

Nessa linha, continuamos com algumas tarefas, quais sejam:

1. Seguir com a construção de diálogo, unidade e renovação, ampliando os espaços das juventudes e das mulheres, promovendo formação política e análises sobre a cidade;

2. Estimular a renovação das estruturas e renovação dos quadros das nossas organizações políticas, sindicais e sociais;

3. Ampliar a luta pela democracia, na defesa das instituições democráticas, a defesa do diálogo e fazer todos os esforços para uma ampla unidade para derrotarmos o Governo Bolsonaro, a sua agenda ultra/neoliberal e toda a ameaça fascista e autoritária;

4. Fortalecer o Fórum Pró-Campina como o espaço da articulação, do debate e da construção de propostas e programas com a participação dos nossos partidos, organizações, movimentos sociais, acadêmicos e lideranças comunitárias;

5. Estabelecer um calendário de atividades e mobilizações em vista das lutas e dos debates sobre a cidade e o Brasil;

6. Seguir dialogando com variados setores da sociedade;

7. Apoiar todo o esforço para garantirmos a articulação do campo das oposições ao Governo Cunha Lima, independente das diferenças partidárias e ideológicas;

8. Dialogar e apoiar os mandatos que se comprometam com as pautas progressistas na Câmara de Vereadores/as; e

9. Trabalhar pela ampliação das forças de oposição ao bolsonarismo.

Coordenação do Fórum Pró Campina
Campina Grande, 18 de dezembro de 2020.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário