Português Italian English Spanish

Biologia: descoberta primeira bactéria que pode ser vista a olho nu

Biologia: descoberta primeira bactéria que pode ser vista a olho nu

Data de Publicação: 3 de março de 2022 18:47:00

Por Henrique Rodrigues
REVISTA FÓRUM

Uma equipe composta de cientistas de vários países descobriu a primeira bactéria visível a olho nu de que se tem notícia até hoje. O micro-organismo, que de micro não tem nada, mede aproximadamente um centímetro de extensão, tem formato filamentoso e foi encontrado num manguezal da ilha caribenha de Guadalupe, em estudos chefiados pela mexicana Silvina González Rizzo, da Universidade das Antilhas.

O ser foi batizado como Thiomargarita Magnifica é cerca de 50 vezes maior do que as mais graúdas bactérias já encontradas até agora e, segundo microbiologistas, alguns exemplares colhidos na ilha do Caribe chegam a dois centímetros de comprimento. Habitualmente, bactérias têm aproximadamente de 2 a 8 micras (unidade equivalente a um milésimo de milímetro), o que faz necessário o emprego de microscópio para visualizá-las, daí a classificação de micro-organismo.

Cientistas que já analisaram a Thiomargarita Magnifica, como a microbiologista Silvia Acinas, afirmam que esse exemplar apresenta quase 12.000 genes, mais que o triplo do que uma bactéria comum, com quase meio milhão de cópias desse genoma, classificando-a como “assombrosa” e “um exemplo maravilhoso”.

Veja imagens da bactéria gigante:

Filamento da bactéria Thiomargarita Magnifica (que pode ser visível a olho nu) - Fonte: REVISTA FÓRUM

 

(Com adaptações - Leia original Revista Fórum aqui.) 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário