Português Italian English Spanish

Parauapebas: Darci Lermen tenta sair da lona

Parauapebas: Darci Lermen tenta sair da lona

Data de Publicação: 27 de novembro de 2019

Por Leônidas Mendes
Canal 2N
08:00

Pesquisa recente, contratada ao Instituto Intelidata e divulgada pelo CANAL 2N, demonstrou que a situação do prefeito Darci Lermen (MDB), tanto do ponto de vista administrativo como do ponto de vista eleitoral, é, no mínimo, perigosa.

Em todos os quesitos pesquisados, o prefeito e sua administração aparecem mal avaliados pela população de Parauapebas. À guisa de exemplo, destacamos a avaliação de sua administração: os que a consideram ruim e péssimo somam 47,55% dos entrevistados; os que a entendem boa e ótima perfazem um total de 12,09%.

Por óbvio, esta situação se reflete nas expectativas eleitorais de Darci Lermen, que, aos dias de hoje, pela mesma pesquisa, aparece em terceiro lugar com 16,34% das intenções de voto, atrás de João do Verdurão (segundo colocado com 18,31%) e de Valmir Mariano (primeiro colocado com 24,80%), considerando-se apenas os votos válidos na pesquisa estimulada.

Mas não para por aí a delicada situação do atual prefeito de Parauapebas. Quando considerado o índice de rejeição a sua candidatura à reeleição, os números reforçam o desgaste geral de sua imagem e de sua gestão. Quando inquiridos pela pesquisa em qual candidato não votariam de “jeito nenhum”, Darci Lermen aparece na frente, com 41,89% de rejeição, seguido por Valmir Mariano, com 23,02%, e Marcelo Catalão, com 18,16%.

Sob qualquer ótica, esses números são desastrosos para as pretensões eleitorais do alcaide municipal. Talvez por isso, num primeiro momento, grupos ligados a sua administração tenham tentado desqualificar a pesquisa; e, ao mesmo tempo, lançaram uma ofensiva propagandística através das redes sociais.

O objetivo é claro: tentar melhorar a imagem do prefeito e de sua administração junto à população.

Nos dias que se sucederam à divulgação da pesquisa, de modo mais regular e intenso, usando as diversas redes sociais, do “facebook” a grupos de “whatsapp”, imagens do “prefeito Darci” em público, seja em eventos sociais ou políticos, seja em batizados ou casamentos, vem sendo difundidas por secretários municipais e/ou auxiliares de todos os níveis (e remuneração).

Entretanto, apesar do “esforço comunicativo”, o cenário não parece melhorar para o prefeito, que ainda encontra-se na “lona”, ou pelo menos nas “cordas”, como se dizia antigamente. E não há sinais, ao menos no curto prazo, de melhoras.

Recentemente, Parauapebas tem enfrentado períodos de chuvas. E mais uma vez a administração não foi capaz de preparar-se, nem a si e nem a cidade! O chuvoso inverno, que sempre a caracterizou, trouxe os problemas de sempre: alagamentos de bairros, interdição de ruas e avenidas, além de outros ainda mais terríveis.

Não só: neste final de semana, durante festejos por conta do título do Flamengo em nossa cidade, um guarda municipal, armado por iniciativa do Executivo Municipal com a aprovação da Câmara de Vereadores, atirou num adolescente, levando-o a óbito.

Fatos como esses depõem contra administração e desgasta ainda mais a já desgastada imagem do prefeito ainda que ele não seja diretamente responsável por tais. Mas, junto à população, devido a todos os problemas de gestão acumulados nesses três anos, se somam a outros estruturais aos quais Darci Lermen pareceu não ser capaz de apresentar solução, e se refletem em seu projeto político eleitoral, conforme evidenciou a pesquisa CANAL 2N/Intelidata.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário