Português Italian English Spanish

Com 90% dos votos apurados, Netanyahu, aliado de Bolsonaro, é derrotado em Israel

Com 90% dos votos apurados, Netanyahu, aliado de Bolsonaro, é derrotado em Israel

Data de Publicação: 18 de setembro de 2019
Lindolfo Mendes
Canal 2N

 

Israel: Com cerca de 90% dos votos apurados, centro-esquerda de Benny Gantz vence a eleição em Israel

Benjamin Netanyahu, liderando a extrema-direita com Likud não conseguiu assentos no parlamento para montar um novo governo, saindo derrotado da eleição de ontem (18) em Israel.

Benny Gantz, do partido Blue e White, formando um bloco de centro-esquerda, ficou a um passo de montar um novo governo. No momento, segundo o site da Times of Israel (aqui), com cerca de 90% dos votos apurados, Gantz e conquistou 32 assentos no parlamento contra 31 de Netanyahu.

O bloco de centro-esquerda liderado por Benny Gantz tem até o momento 56 cadeiras confirmadas. O eixo de extrema-direita e fanáticos religiosos de Benjamin Netanyahu alcançou 55 assentos no parlamento.

Sem maioria e sem Netanyahu 

Nem Netanyahu e nem Benny Gantz tem a maioria de 61 cadeiras no parlamento, mas o resultado divulgado, com cerca de 90% dos votos apurados, aponta que a aliança de centro-esquerda tem mais probabilidade de formar o próximo governo de Israel, pondo fim ao império dos fanáticos religiosos.

Israel cansado de fanáticos religiosos e de guerra

As eleições de Israel mostram que o país foi dividio perigosamente pelo fanatismo religioso e belicoso,  o partido Yisrael Beiteinu (Israel é Nosso Lar) com nove cadeiras no parlamento se torna o fiel da balança. A base eleitoral do Yisrael Beitenu exige o fim da influência dos fanáticos religiosos para apoiar o próximo governo, o que impossibilita uma aproximação com Netanyahu.

Avigdor Liberman, líder do partido Yisrael Beiteinu (Israel é Nosso Lar), tem seus votos oriundos da comunidade judaico-russa, que rejeita fortemente uma aliança com os fanáticos religiosos da extrema-direita.

Sem fanáticos religiosos e sem Netanyahu

Liberman instiga que o Likud forme um pacto com Blue e White, gerando um governo com sólida base no parlamento e amplo apoio em Israel, Benny Gantz não rejeita, mas condiciona qualquer acordo ao expurgo de Netanyahu da aliança.

Resultado extra-oficial

Blue e White – 32 cadeiras

Likud - 31 cadeiras

Lista Conjunta Árabe Israelense – 12 cadeiras

Yisrael Beiteinu (Israel é Nosso Lar) – 9 cadeiras

Shas (fanáticos religiosos) - 9 cadeiras

Judaísmo Torá Unida (fanáticos religiosos) - 8 cadeiras

Yamina (direita) – 7 cadeiras

Labor-Gesher (trabalhistas) -  6 cadeiras

Campo Democrático (esquerda) – 5 cadeiras

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário